Seja Bem-Vindo

Olá! 

Curta nossa página no FACEBOOK para receber atualizações

Cansei de ver relatos felizes e textos motivacionais para as futuras mamães. Não sei vocês, mas eu sou sedenta por informação e quero saber tudo TU-DO o que eu possa enfrentar (inclusive a parte ruim). Sempre fui assim e ninguém é 100% sincero comigo! Ficam cheios de dedos pra contar o “lado B”.
Resolvi fazer diferente e compartilhar com vocês todos os momentos que passei , mas de forma muito bem humorada (agora, né? pq na hora não é nada engraçado!) Aqui, você, com certeza, vai se identificar com algumas passagens e poderá relembrar ou se preparar para o que está por vir. Afinal, a parte boa todo mundo já sabe!

Aproveite a aba postagens e divirta-se! Vamos rir disso tudo!

 

4 thoughts on “Seja Bem-Vindo

  1. Hahahahahaha é a pura verdade, priminha!! Todo mundo só conta a parte boa!!
    Eu lembro quando descobri que estava grávida, eu lia aqueles blogs e artigos… Só coisa boa!! Mas ninguém avisou que a gente mal consegue segurar o xixi, que peida e arrota que nem uma porca… Sem contar a constipação seguida de hemorroidas… Isso ninguém conta! Ah… E a mudança de humor… A vontade de rir e chorar e ás vezes de matar o pobre do marido!! rs
    E quando nasce… A gente nunca mais consegue dormir a noite inteira e nunca mais tem tempo de fazer as unhas… Bom… Pelo menos as mães que optam por não ter babá… O que é o meu caso. Eu mesma cuido do meu leitãozinho! E ô tarefa que eu AMO!
    E mesmo com toda a correria e falta de tempo pra cuidar da gente… Nada mais gostoso que ser responsável e cuidar desse serzinho tão frágil e tão forte ao mesmo tempo. Cada sorriso, cada olhar que recebemos nos faz sentir a pessoa mais importante do mundo!
    E não reclama não… Tu é mãe nova!! E eu que sou mãe geriátrica!!! rs
    Beijocas e boa sorte pra nós!!

  2. não tinha ideia do que era ter um filho, achava que ia nascer eu ia cuidar, dar conta de tudo e ponto, mas quando nasce, ô meu Deus, tinha dia que chegava a noite e eu n tinha nem penteado o cabelo kkk

  3. Adorei a ideia! Também sou a favor de expor a parte “ruim”, gosto de ser realista, mas não de tocar o terror como algumas comadres sem noção gostam de fazer. Se me permitissem, gostaria de relatar meu parto, que foi normal e sem medicação ( faço questão de contar exatamente como foi e como minha recuperação tbm foi meio, digamos, chatinha)
    Parabéns!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>